Publicado por: Nelson Domingues | 23/03/2010

Vida Ad-você

Confusão! Acho que seria a grande palavra da minha vida, apesar de jurar de pés juntos que sou seguro do que faço, ou farei. Nunca saber ao certo, muitas vezes hipoteticamente e quase sempre desta forma tento passar segurança, mas em assuntos diversos e incompreensíveis, me torno o cordeiro sem rebanho .

Ultimamente minha vida Ad-Odranoel esta sendo muito boa, gosto da forma com que acontece e da forma que acontece, contudo como sempre surgem as inseguranças que me fazer quase sempre pensar que:

Amo-te, só
ou
Amo-te só

Entendo os casos e acasos, não sou formado na faculdade compatível, contudo estou sempre aprendendo.

Tenho a impressão que o abismo esta se movendo, e no sentido que eu queria, está se fechando, devagar, aos poucos, mas está. Não posso para, é tarde de mais, só espero que feche logo, pois estou louco para desfrutar de sólidos momentos em lóco e não vastos sentimentos ao vento.

Anúncios

Responses

  1. “te amo, só / te amo só.”
    muuito, muuito bem usado, nee!
    amei.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: